sábado, 28 de outubro de 2017

Mulher morre por causa de dívida de R$ 3 mil de marido no Agreste da PB

Um homicídio ocorrido no fim da tarde dessa sexta-feira (27) em Gado Bravo, no Agreste paraibano, revoltou os moradores da cidade que fica na localizada região de Aroeiras.

Edsônia Maria Alves, de 28 anos de idade, foi morta com um tiro na cabeça por um homem que, segundo informações da polícia, teria ido cobrar uma dívida de R$ 3 milcontraída pelo marido dela.

Ainda, de acordo com a polícia, o cobrador não encontrou quem lhe devia e acabou matando a mulher.

O acusado foi identificado como sendo morador de Campina Grande. Ele teria dito a familiares que iria matar uma pessoa em Gado Bravo, mas não foi localizado até o momento.

wscom