quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Tovar denuncia que Banco do Nordeste não cumpre lei de renegociação de dívidas de agricultores

Mesmo licenciado da Assembleia Legislativa para gerir a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação de Campina Grande, o deputado Tovar Correia Lima (PSDB), continua atento às questões de interesse da população do Estado. Nesta terça-feira (19), denunciou que Banco do Nordeste não estaria cumprindo renegociação de dívidas de produtores rurais. Ele enviou ainda ofício ao senador Cássio Cunha Lima (PSDB), vice-presidente do Senado Federal, solicitando que o tucano possa interceder junto ao Ministério da Integração Nacional e ao Banco do Nordeste para que cumpra a Lei 13.340/2016, que prevê a renegociação dos débitos com a instituição bancária.

“Pedimos para que seja fornecida qual a metodologia de cálculo adotada pelo Banco do Nordeste nas operações financiadas com o FNE – Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste. Os produtores reclamam que estariam sendo prejudicados no fornecimento da referida planilha de cálculo, tendo em vista que o exercício financeiro está chegando ao fim e os devedores não dispõem dessas informações para escolher sobre a liquidação ou renegociação dos seus débitos”, explicou Tovar.

Os agricultores também alegam que o Banco não estaria adotando corretamente redutores nesses cálculos, como prevê a Legislação, o que vem acarretando em prejuízos ainda maiores para eles. “Muitos estão perdendo suas terras por não terem condições de pagar os juros estratosféricos cobrados”, relatou o deputado.

Tovar Correia Lima disse que mesmo afastado temporariamente de suas atividades legislativas na Assembleia, continua em frequente diálogo com segmentos sociais cujo seu mandato tem atuado como representante. Os produtores rurais são um deles e, por isso, não poderia deixar de tentar contribuir para a solução desse entrave.


Assessoria