terça-feira, 26 de setembro de 2017

Prefeitura de Piancó lança o Programa Criança Feliz; Entenda

A Prefeitura de Piancó, através da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania, lança nesta sexta-feira (29), o Programa Criança Feliz, que vai beneficiar usuários do Bolsa Família e do Benefício da Prestação Continuada (BPC). O Criança Feliz promove o acompanhamento de famílias atendidas pelo Programa Bolsa Família, por meio das visitas domiciliares. A prioridade são gestantes, crianças de 0 a 3 anos (inseridos no Bolsa Família) e de 3 a 6 anos, do Benefício da Prestação Continuada. A metodologia de trabalho é baseada no Cuidado para o Desenvolvimento da Criança (CDC), pautada na orientação, fortalecimento de vínculos e apoio as famílias sobre os cuidados essências para o desenvolvimento infantil. Anote na sua agenda: Próxima sexta-feira, às 09:00h da manhã, no Cras. 

Criança Feliz 
Coordenado pelo MDS, o Criança Feliz visa ao desenvolvimento integral dos beneficiários do Bolsa Família, com idades entre 0 e 3 anos, e das crianças de até 6 anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC), como já foi dito no início dessa reportagem. As visitas domiciliares do programa já ocorrem na cidade de Piancó. Nas visitas, as famílias são orientadas sobre como estimular o desenvolvimento dos filhos, com foco em temas como saúde, educação, cultura e garantia de direitos. O objetivo é fazer com que as crianças cheguem à escola preparadas para aprender, estudem mais e tenham acesso a melhores oportunidades no futuro, podendo vencer a pobreza. Até o momento, 2.614 mil municípios aderiram à iniciativa, dentre estes, Piancó no Sertão paraibano.

O Programa Criança Feliz dá dinheiro?
Não, esse programa não se trata de uma iniciativa de distribuição de renda. Esse programa só busca o acompanhamento das famílias mais de perto através da contratação de mais assistentes sociais. Assim, além de aumentar a fiscalização do programa e combater fraudes do bolsa família, será possível acompanhar e orientar melhor as famílias para que possuam um desenvolvimento humano mais acelerado.

Da Redação
Com Assessoria