quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Morte de empresário piancoense pode ser desvendada com a prisão de dois suspeitos; Confira

O Vale do Piancó acordou mais cedo nesta quinta-feira (14) com a notícia de que as polícias Civil e Militar conseguiram prender dois suspeitos pela morte do empresário Lindoberto Pereira, cumprindo assim Mandado de Prisão expedido pela Comarca de Piancó. O crime aconteceu na noite de uma segunda-feira (27) e a vítima ainda chegou a ser socorrida para o hospital da cidade, mas acabou morrendo.

A prisão, segundo as primeira informações, aconteceu na manhã de hoje, quinta-feira, por volta das 05:45h na cidade de Piancó. Os acusados são Alex Gonçalves Bento, de 20 anos de idade, da cidade de São Paulo (ou Paulista-PB); e Rodrigo Ribeiro de Souza, de 29 anos de idade, de Grajaúna, no Estado do Maranhão. Com os dois acusados foi encontrado um celular, com uma imagem do cordão que era usado pelo empresário e que foi subtraído no dia do assalto seguido de morte. Acredita-se que o celular não era o de Lindoberto, mas sim de um dos suspeitos

Hidrocarboneto
Nome dado a Operação que buscava e encontrou os suspeitos pela morte do empresário piancoense, que é natural da cidade de Coremas.

Os acusados
A polícia informa que os presos são acusados de cometerem vários crimes na região, a exemplos de assaltos aos Correios de Piancó, Postos de Combustíveis e até a agência bancária da cidade de Coremas.

Após a prisão os acusados foram detidos na Delegacia de Polícia de Piancó para as providências de praxe. Com eles foi encontrado o celular da vítima (foto), o qual será periciado.

Medo
A sociedade piancoense está apavorada em saber que na cidade, vez por outra, encontra pela polícia, pessoas criminosas que não são naturais de Piancó mas estão encontrando aqui um ponto estratégico para se localizar e cometer seus crimes na região.