terça-feira, 19 de setembro de 2017

Maranhão mostra discurso de candidato e fala em “caminho redentor” para a PB


Já não bastasse o volume de declarações que tornam pública a paquera dos partidos com o PMDB, o senador José Maranhão decidiu reunir na última sexta-feira (15) algumas das maiores lideranças políticas do Estado para um jantar em comemoração aos seus 84 anos. Embora tenha declarado na ocasião que não quer “forçar a barra” para ser candidato, o peemedebista não se fez de rogado e deu declarações que aproximam cada vez mais o senador Maranhão do candidato Maranhão.

“Não quero forçar a barra para ser candidato. Se minha candidatura ocorrer ela terá que vir de forma muito natural, mesmo porque a essa altura da minha vida eu tenho o que oferecer a Paraíba, que é a experiência de um trabalho anterior”, disse o peemedebista em entrevista.

Ao ser questionado sobre a unidade dos partidos da oposição – todos representados no jantar comemorativo de aniversário – Maranhão disse que é preciso ter uma candidatura que não represente apenas a unidade das oposições: “Mas que represente a unidade de um sentimento de recuperação da economia e da vida social do nosso estado […] O sentimento é de restaurar a economia da Paraíba e encontrar um caminho redentor para o estado”, disse.

O senador elogiou o programa de governo de Ricardo Coutinho (PSB), mas as recentes trocas de gentilezas com o socialista deram lugar, agora, a um discurso mais autocentrado. “Os paraibanos estão cansados de esperar por soluções. Algumas delas têm sido bem encaminhadas pelo atual governo. Ricardo Coutinho deu continuidade a um plano interessante no setor rodoviário, que nós deixamos completamente elaborado, licitado, contratado e com recursos garantidos e tem feito outros trabalhos, mas é preciso para a Paraíba lutar por projetos estruturantes, que realmente seja capaz de tirar o nosso estado dessa posição de marasmo da economia, que lamentavelmente acontece”, disse o peemedebista.

Entre as lideranças que compareceram a festa estavam presentes o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), o prefeito e o vice-prefeito de João Pessoa Luciano Cartaxo (PSD) e Manoel Junior (PMDB) e o prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues (PSDB).


Blog do Gordinho