sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Eitel Santiago requer aposentadoria no MPF e deve se filiar ao Livres para lançar candidatura em 2018

(Foto: Walla Santos)
O subprocurador-geral da República, Eitel Santiago de Brito Pereira, requereu sua aposentadoria no Ministério Público Federal (MPF), em Brasília e pretende se filiar ao PSL/Livres em João Pessoa, que é presidido pelo seu filho, vereador Lucas de Brito. Em entrevista ao ClickPB nesta sexta-feira (29), Lucas de Brito antecipou que “assim que for processada essa questão, nós vamos convidá-lo para integrar o partido”, o que deve acontecer já no início do mês de outubro.

Lucas ainda explicou que ainda não foi definido a que cargo Eitel poderá concorrer nas eleições de 2018. “Essa questão de candidatura depende muito do propósito dele, da reorganização até de vida dele. O que eu sei que ele vai fazer de imediato é ajudar no escritório da família, porque nós temos um escritório de advocacia e esse escritório precisa ser organizado”, afirmou o presidente do Livres na Paraíba.

No entanto, especula-se que o subprocurador-geral seja candidato a deputado federal, já que Lucas deve lançar sua candidatura a deputado estadual em 2018. Lucas assumiu recentemente a direção do partido, após deliberação do Diretório Nacional, e já assumiu como compromisso a ampliação da bancada no próximo ano. Para o cargo de deputado estadual o Livres espera “eleger dois no mínimo, mas buscar ampliar”. Já para a Câmara Federal, Lucas antecipa que “a gente pretende viabilizar candidaturas competitivas para eleger pelo menos um deputado federal”.

Eitel Santiago tem 61 anos e é membro do Ministério Público desde o ano de 1984. Nascido em João Pessoa e formado em Direito pela Universidade Federal da Paraíba, Eitel já foi candidato a deputado federal no ano de 1994, mas não conseguiu ser eleito. Ele ainda ocupou o cargo de secretário de Segurança e Defesa Social durante o governo de Cássio Cunha Lima até 2009.

ClickPB