sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Delegado natural de Piancó é destaque em Operação de Repressão ao Crime Organizado em Pernambuco


O Delegado Altemar Mamede Leite, natural da cidade de Piancó com ramificações familiares na cidade de Olho Dágua, Sertão paraibano, vem se destacando no seu trabalho profissional na cidade de Goiana, Estado de Pernambuco. Durante essa semana, a Secretaria de Defesa Social/Polícia Civil de Pernambuco, desencadeou na manhã da última quarta-feira (13), uma Operação Qualificada de Repressão, denominada OPERAÇÃO HESTIA, com o objetivo de prender pessoas investigadas em Organização Criminosa Armada voltada para a prática de tráfico de drogas, homicídios, roubos, corrupção de menor e lavagem de dinheiro. A Operação vem sendo coordenada pelo delegado Altemar Mamede Leite.

Segundo o delegado Altemar Mamede Leite, foram cumpridos 22 (vinte e dois) mandados, sendo 19 (dezenove) de prisão preventiva; 03 (três) de busca e apreensão de menor e 15 (quinze) mandados de busca domiciliar, expedidos pelo Juiz da Vara Criminal de Goiana.

104 policiais civis participam da operação, que está sendo desenvolvida no município de Goiana, Jaboatão dos Guararapes e Itambé.

A investigação foi iniciada em maio desse ano. A operação é coordenada pelo Delegado Altemar Mamede com a equipe da 16ª Delegacia de Homicídios de Goiana, subordinada à 3ª Divisão de Homicídios de Caruaru, e conta com o apoio operacional dos órgãos da 11 Delegacia Seccional de Goiana e Inteligência da Mata Norte da Polícia Civil.

O nome da operação faz referência à Deusa HESTIA, que, na mitologia Grega, é conhecida como a “Deusa do Lar” e/ou “Deusa da Família”, em alusão ao envolvimento de uma investigada que é mãe de outros quatro parentes dela também investigados.

O grupo é investigado por participar de vários homicídios, neste e em outros anos, na cidade de Goiana, cuja motivação quase sempre esteve relacionada a acerto de contas por dívidas de drogas.

O balanço preliminar sobre a operação, ocorreu na sede da 11ª Delegacia Seccional de Goiana, no município de Goiana, no último dia 13/09/2017.

Foram presas e apreendidas 22 pessoas durante toda a operação.

Da Redação com informações Chefia de Polícia