sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Ao denunciar Temer, Janot pede para ouvir Palocci

No pé da denúncia contra Michel Temer, encaminhada hoje ao Supremo, Rodrigo Janot lista aproximadamente 40 pessoas para serem ouvidos no processo.

A relação vai desde Alberto Youssef a Pedro Corrêa, passando por Marcelo Odebrecht e Lúcio Funaro, obviamente.

Mas a o pretenso delator da vez também entrou na mira de Janot. Entre as testemunhas arroladas está Antonio Palocci.

Ao convocar o petista, o objetivo do PGR é colher informações a respeito das restrições impostas ao edital de licitação de escolha da empresa que administraria o Aeroporto Galeão, no Rio.

O processo licitatório foi formulado para beneficiar a Odebrecht, e segundo a acusação, rendeu propina de 4 milhões de reais a Moreira Franco. Em outras ocasiões, Palocci já adiantou que conhece o caso.

E se Palocci tem bala para explodir Moreira, dá para imaginar o estrago para Lula. Um palhinha já foi dada durante o depoimento a Sergio Moro.


Fonte: Veja