quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Socialistas percebem que Zé Maranhão pode ser fiel da balança

    Pelo interesse maior da Paraíba”, observou o deputado Adriano Galdino (PSB), ex-presidente da Assembleia Legislativa, acerca da possibilidade do seu partido se unir ao PMDB, e com o peemedebista formar um palanque único para as eleições gerais do próximo ano.

    Galdino movimenta-se como a missão de levar o senador José Maranhão ao governador Ricardo Coutinho, uma movimentação que tem o objetivo de desestabilizar a oposição e sabendo que o presidente dos peemedebistas da Paraíba é uma das forças políticas para a campanha de 2018, junto com o senador Cássio Cunha Lima (PSDB).

    Por isso, trata os assuntos com Maranhão como se nada tivesse ocorrido no passado entre o líder maior do PMDB e o PSB, partido do governador Ricardo Coutinho. “O senador Maranhão, ao longo da sua experiência, de sua idade, sinaliza abrir o diálogo com todos os partidos, inclusive com o PSB, que já foi aliado do PMDB”.

    O significado acima pode ser entendido assim: amnésia nossa de cada eleição.