quinta-feira, 10 de agosto de 2017

Reforma política: deputados aprovam fundo de R$ 3,5 bilhões, modelo “distritão” e fim dos vices

(Lula Marques/AGPT)
Por 25 votos a 8, sem abstenções, deputados membros da Comissão Especial da Reforma Política aprovaram o relatório de Vicente Cândido (PT-SP) à reforma setorial que, entre outros pontos, cria um financiamento para bancar campanhas eleitorais, extingue a figura do vice-presidente e estabelece o sistema “distritão” – emenda aprovada já no início da madrugada desta quinta-feira (10), substituindo o modelo distrital misto de votação que havia sido sugerido pelo relator (leia mais e veja os principais pontos abaixo). A aprovação da matéria (Proposta de Emenda à Constituição 77/2003) nos últimos minutos desta quarta-feira (9), mais precisamente às 23h45, depois de cerca de nove horas de debates, não permite dizer que o assunto está encerrado, uma vez que os parlamentares ainda precisam apreciar destaques apresentados ao texto original. Com a aprovação do único deles à 1h20, a reunião foi encerrada pelo presidente do colegiado, Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), que anunciou reinício da discussão já para a manhã de hoje.