quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Programa de Formação de Professores da UEPB já beneficiou mais de 26 mil docentes da rede pública

Muitos professores no exercício da profissão se dirigiam para as salas de aula ser ter o curso superior e, consequentemente, a formação inicial adequada para o magistério. Até o ano passado, quase 40% do total de professores da rede pública do Brasil estavam nessa situação, segundo dados do Ministério da Educação (MEC). Na Paraíba, essa realidade tem sido transformada e a lacuna preenchida graças a ação efetiva da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

A Instituição, em parceria com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e através do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (PARFOR), vem desenvolvendo desde 2011 cursos de licenciatura (formação inicial) de professores com vistas a contribuir para a melhoria do processo de ensino-aprendizagem. Hoje, a UEPB está presente nos mais longínquos recantos do Estado qualificando professores e ajudando a melhorar os índices educacionais em todas regiões paraibanas.

Atualmente, a UEPB atende pelo programa, gerenciado pela Pró-Reitoria de Ensino Médio, Técnico e Educação a Distância (PROEAD), um total de 186 municípios polarizados pelos câmpus de Patos, Catolé do Rocha, Guarabira, Monteiro e Campina Grande. No total, 430 escolas são contempladas pelos cursos de licenciatura em Educação Física, Pedagogia e Filosofia. Em Patos estão sendo beneficiadas 70 escolas; 17 em Catolé do Rocha; 17 em Monteiro; 104 em Guarabira e 222 escolas em Campina Grande. Atualmente, 17 turmas estão em pleno funcionamento, sendo nove de Pedagogia e oito de Educação Física.

As aulas acontecem sempre aos sábados em seis das oito cidades onde a UEPB tem Câmpus. Em Campina Grande, as turmas do PARFOR funcionam na Central de Integração Acadêmica, no Câmpus de Bodocongó. “O PARFOR funciona nos câmpus da Universidade e tem todo um alcance das cidades circunvizinhas. Temos um total de atendimento de escolas muito significativo, que é diretamente vinculado a um atendimento na base”, salientou a pró-reitora Eliane Moura.

Em cerca de seis anos de funcionamento, o Programa de Formação de Professores já beneficiou um total de 26.458 alunos professores que, agora, têm formação superior e melhor qualificação para lecionar. Para atingir o objetivo do programa, a UEPB disponibiliza um contingente de mais de 800 professores das diversas áreas do conhecimento, dos quais cerca de 100 são professores mestres e doutores dos departamentos e centros da Instituição.

A ideia da coordenação do PARFOR na UEPB é aumentar substancialmente a quantidade de vagas ofertadas nas diversas áreas das licenciaturas destinadas à formação de professores em exercício. No próximo semestre, o programa será ampliado com a implantação do curso de Licenciatura em Geografia, que vai ofertar mais 350 vagas a serem distribuídas nas cidades de Campina Grande (100), João Pessoa (100), Livramento (50), Lucena (50) e Pombal (50).

Eliane Moura observa que a formação dada pela UEPB por meio do PARFOR influencia diretamente na qualidade do ensino nas escolas dos municípios paraibanos. Com ações como esta, a PROEAD sincroniza-se com a missão da UEPB de disseminar conhecimentos e formar cidadãos, mediante a produção e a socialização do conhecimento, contribuindo para o desenvolvimento educacional e sociocultural da Região Nordeste, particularmente do Estado da Paraíba, em sintonia com o Plano de Desenvolvimento Sustentável Estadual.

Falando com entusiamo sobre esta iniciativa, a professora Eliane Moura enaltece a força de vontade dos professores da UEPB e reafirma que a Universidade tem cumprido o seu papel ao garantir o diploma de curso superior a professores que já atuam na rede pública, mas ainda não haviam conquistado o diploma da licenciatura. Ela também destaca a qualidade do programa, que tem mudado a vida de muitos paraibanos e ressalta que a Universidade continua de portas abertas para os pedagogos, os incentivando a continuar na busca da formação continuada, realizando cursos de Especialização, Mestrado e Doutorado.

Somente no último semestre, 170 pedagogos concluíram o curso de Licenciatura nos câmpus de Patos, Monteiro, João Pessoa, Campina Grande e Guarabira. A primeira turma de Filosofia também concluiu recentemente o curso. O Plano Nacional de Formação dos Professores da Educação Básica (PARFOR) é um programa nacional implantado pela Capes, em regime de colaboração com as Secretarias de Educação dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, além das Instituições de Ensino Superior (IES). O programa destina-se à formação de professores em exercício nos sistemas de ensino municipais e estaduais, para que possam consolidar a formação teórica a partir da reflexão sobre a prática que vivenciam no cotidiano de suas salas de aula.

O PARFOR tem como objetivo induzir e fomentar a oferta de educação superior, gratuita e de qualidade para professores em exercício na rede pública de educação básica, para que estes profissionais possam obter a formação exigida pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) e contribuam para a melhoria da qualidade da educação básica no país.


Texto: Severino Lopes
Fotos: Divulgação PROEAD