sábado, 12 de agosto de 2017

Em Piancó criança morre afogada em tanque de água na sua própria residência

A cidade de Piancó parou na tarde dessa sexta-feira (11) quando uma mãe saiu em socorro pelas ruas do Bairro Santo Antonio (Felizardo Leite). O desespero era tamanho que chamou atenção de quase todos os moradores do referido bairro. A criança Larissa Kely Silva, de apenas 2 anos, havia afogado-se em um recipiente para guardar água. O tanque tinha tamanho suficiente para afogar até um adulto, caso estivesse deitado. A criança brincava no muro de sua residência e resolveu, longe dos olhos da mãe, adentrar ao tanque, vindo-lhe causar morte por asfixia, já que a mesma ficou encoberta pela água. Sayra Marque Silva, mãe de Larissa, deu por falta da filha após chegar de uma viagem e ambas estavam praticamente chegando em casa, quando ela, a mãe, percebeu que a filha não estava ali e um silêncio incomum chamou sua atenção, já que a menina gostava de brincar e correr pela casa. Naquele instante o sentido de mãe lhe bateu no peito e já pensando em algo, a mãe foi até o muro e deparou-se com aquela cena triste... A filha boiando num tanque de água. O desespero tomou conta e ela logo retirou sua filha, já sem vida, daquele local. Larissa era filha única!

O pai estava trabalhando e ao chegar em casa já sabendo da notícia, se desesperou. Ele é natural da cidade de Itaporanga.

Esse fato causou uma comoção em toda a cidade de Piancó. O SAMU foi chamado até o local, mas não havia o que fazer, além de confortar aquele jovem casal, que agora chora a perda de sua única filha.