domingo, 27 de agosto de 2017

Após fim de racionamento, Cássio detona Ricardo: "Foi omisso"

    Finalizado o racionamento de água em Campina Grande e outros 18 municípios, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) fez duras críticas ao Governo do Estado, a quem acusou de tratar a questão hídrica sem nenhuma preocupação, assim como faz com o dinheiro público.

    Para ele, o racionamento de água continuará sendo feito pela consciência cidadã de Campina e todas as cidades abastecidas pelo açude de Boqueirão. “A inteligência do povo será sempre maior do que a politicagem de qualquer Governo”, alfinetou.

    Cunha Lima afirma que existe uma diferença entre os anseios da população e a decisão do Governo.

    “A primeira, com a consciência de que a água é um bem finito e escasso. No outro lado a cultura do gasto fácil, ilimitado, sem preocupação com o futuro, como se esses recursos, hídricos fossem infinitos. Tratam a água, como cuidam do dinheiro publico, sem nenhuma preocupação com o amanhã, prevalecendo o único objetivo de faturar politicamente a qualquer preço”, afirma.

    Segundo ele, durante toda a crise de abastecimento não houve por parte do Governo do Estado qualquer medida para redução de perdas, campanha de esclarecimento para o uso racional d’água ou estímulo à economia e punição ao desperdício.

    “O que se assistiu foi o silêncio omisso das autoridades sobre a gravidade da crise. Agora, com o leão morto, não falta quem queira tirar foto ao lado”, arrematou.


    MaisPB