terça-feira, 1 de agosto de 2017

A investida de Veneziano para o Senado Federal


A investida de Veneziano para Senado FederalNo jogo de xadrez, a jogada mais sensacional é a que elimina o adversário que está no outro lado do tabuleiro: xeque mate. A oposição começou a preparação de um “elemento surpresa” para reforçar o time que disputará o Governo do Estado nas eleições de 2018. A peça chave é o deputado federal Veneziano Vital (PMDB), atualmente posicionado na base aliada do Palácio da Redenção.

Primeiro, noticiou-se que o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) admite não concorrer à reeleição, a despeito de manter a oposição unida. Nesta segunda-feira (31), veio ao asfalto a informação de uma conversa do tucano com Veneziano, que já teria recebido “a ótima proposta para concorrer ao Senado” pelo grupo dos partidos, que formam hoje a oposição ao governista PSB.

A notícia jogada ao meio-fio foi estampada no Polêmica Paraíba, portal editado por Gutemberg Cardoso. “A relação dos dois (Cássio e Veneziano) que não era grande coisa, começou a mudar após os dois pegarem o mesmo vôo retornando de Brasília para a Paraíba, em maio deste ano”, contou o portal em sua matéria principal de capa.

E mais: “Um vôo da Avianca, que durou cerca de três horas foi o tempo suficiente para os dois apararem as arestas. Sentados lado a lado, durante a viagem, por coincidência (ou não), os políticos falaram das possibilidade futuras e da ligação de suas legendas”.

Outro passo – Essa é a história para o provável cenário do próximo ano, porque nas eleições de 2014 as duas lideranças políticas estiveram próximas de fechar um acordo. Não aconteceu porque o senador Cássio se recusou. Mas a história é outra, a situação também e aguarda-se o próximo capítula de um acordo que poderá render bons frutos a oposição.

A articulação resolveria, além das arestas com o tucanato campinense, a crise no ambiente peemedebista.

blog de Marcone Ferreira