terça-feira, 11 de julho de 2017

Publicação em rede social culpando creche por ferimento na língua de criança gera polêmica em cidade do Sertão

A publicação na rede social Facebook dando conta do ferimento na língua de um garotinho de três anos gerou polêmica na cidade de Patos nesta segunda-feira, dia 10. Na postagem, a prima da criança relatou que outra prima foi pegar o garoto na Creche Santina de Gelo, ao chegar em casa o garoto teria chorado e mostrado que a língua dele estava cortada. A família atribuiu o ferimento a negligência dos professores da creche.


Em poucos minutos, a publicação viralizou causando discussões diversas. Uns apoiando, outros criticando a atitude da mãe, que ao invés de buscar solução para o problema apenas deixou expor o fato. A celeuma também descambou para o cenário político e ao chegar ao conhecimento da direção da Creche Santina de Gelo, dos funcionários e de professores, a mãe da criança foi procurada.

Alguns pais de crianças também foram até a creche para defender a instituição devido a negatividade da publicação que, de acordo com eles, denegriu a imagem do serviço que vem sendo prestado às crianças que são matriculadas.

A senhora Maria de Jesus, mãe da criança ferida, disse que a criança chegou em casa e não conseguiu tomar água dizendo que havia sofrido uma queda na creche. Ela comentou que foi resolver umas questões no banco e só a tarde quando ligaram para ela da própria creche foi conversar com a direção. Maria de Jesus relatou que não levou o filho até o Hospital e deu remédio em casa à criança.

A diretora da Creche Santina de Gelo, Ana Paula, se disse surpresa com a postagem e só soube do ocorrido através de alguns pais que enviaram para o grupo de WhatsApp. Ana negou que o ferimento da criança tenha ocorrido na creche, pois a criança se alimentou, brincou e saiu no horário normal sem se queixar de nada. A diretora relatou que foi a procura da mãe, mas ela não estava em casa. Só depois de ligar para a senhora Maria de Jesus é que se começou a acompanhar o caso para que estes fossem esclarecidos.

A criança foi atendida na noite desta segunda-feira no Pronto Atendimento Maria Marques, Bairro Jatobá, pelos médicos Dr. Humberto Fábio e Dra. Sawanna Rafael. O ferimento da criança está com sinais de cicatrização. Isso indica que pode ter ocorrido há alguns dias e não hoje. 

A senhora Maria José Batista, Raiane de Lucena e o senhor Ricardo Lázaro, pais de crianças, saíram em defesa da Creche e criticaram a mãe pela publicação nas redes sociais antes de buscar informações da direção ou mesmo de apurar melhor os fatos.


Patosonline.com