quarta-feira, 5 de julho de 2017

AIJE contra prefeito de Itaporanga será julgada no próximo dia 25

(Reprodução/Facebook)
O juiz eleitoral da Comarca de Itaporanga, Dr. Antonio Eugênio Leite Ferreira (Foto), já determinou para o próximo dia 25 de julho, a primeira Audiência de Instrução na Ação de Investigação Judiciária Eleitoral (Aije), que pede a cassação da chapa que elegeu o atual prefeito da cidade de Itaporanga, empresário Divaldo Dantas (PMDB), 50 anos, natural de São Bento (PB) e seu vice Herculano Pereira (PTN) pela Coligação: "POR AMOR A ITAPORANGA!", composta do seguintes partidos: PMDB / PTN / PSB / PP / PEN / PHS / PTB / PT. O prefeito eleito obteve 55.60% (7,421 voto). Divaldo concorreu contra  Djaci Junior (PSDB) e foi candidato a prefeito de Itaporanga pela coligação "O INÍCIO DE UM NOVO TEMPO", formada pelos partidos:  PSDB / PRP / PSD / PRTB / PSC. Obteve 44.40% (5,925 votos). Havia também o candidato Sousa Neto foi candidato a prefeito de Itaporanga pelo PSOL (Partido Socialismo e Liberdade), que obteve 0.00%. A cassação se deve a um suposto Abuso de Poder Econômico. 

A investigação estava suspensa por decisão liminar e monocrática do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB), a pedido dos advogados dos investigados, mas o Pleno do TRE, por maioria dos votos, determinou o prosseguimento do processo por considerar que ele não tem nenhuma ilegalidade.

O veredicto pode ser pela cassação ou absolvição. A expectavia é grande em toda a cidade de Itaporanga.

oblogdepianco.com.br