quinta-feira, 1 de junho de 2017

Oposição vota contrária à cobrança de mais impostos para população paraibana

A bancada de oposição na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) votou contrária ao Projeto de Lei 1.360/2017 do Governo do Estado que cria mais um imposto para prejudicar comerciantes e contribuintes. O líder da bancada, Tovar Correia Lima (PSDB), chegou a pedir a separação dos projetos durante a votação para que pudesse ser analisado com mais cautela pelos parlamentares, mas teve o pedido negado pela maioria dos colegas que compõem a bancada de situação na Casa.

Tovar explicou que o Governo do Estado encaminhou à Assembleia um projeto de Lei que trata sobre um Refis para pessoas com dívidas junto ao Detran-PB, mas que dentro da matéria estavam embutidos itens que podem prejudicar a economia da Paraíba.

Entre os pontos questionados pelos deputados de oposição estavam o que na hipótese em que o lançamento decorrer de representação fiscal, por parte dos comerciantes, será aplicada uma multa de ofício de 100% sobre o valor lançado, além de uma multa de 3% para quem não cumprir.

“O governador Ricardo Coutinho quer apenas arrecadar sem pensar na população. Ele será conhecido como o maior arrecadador de impostos do Estado. A oposição é totalmente favorável ao Refis, mas tivemos que votar contra porque esses cascas de banana estavam dentro da matéria”, destacou o líder da oposição.

Tovar ainda tentou separar do projeto os pontos que tratam do aumento de impostos para que o Refis fosse aprovado e que os outros pontos fossem analisados posteriormente. “Fizemos diversos apelos durante a sessão, mas infelizmente a bancada do governador é maior e conseguiram aprovar a matéria do jeito que Ricardo queria. Agora nós paraibanos sofreremos as penalidades dessa aprovação", disse.


oblogdepianco.com.br
Assessoria