quarta-feira, 28 de junho de 2017

Manoel Junior diz que não foi citado em denúncia de Janot contra Temer no STF


Manoel Junior diz que não foi citado em denúncia de Janot contra Temer no STF

 O vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior (PMDB), afirmou, nesta terça-feira (27), que não foi citado na denúncia do procurador geral da República, Rodrigo Janot, contra o presidente Michel Temer ao Supremo Tribunal Federal (STF) pelo crime de corrupção passiva, com base nas investigações iniciadas a partir do acordo de delação premiada da JBS.

Segundo o deputado, a confusão ocorreu por causa da divulgação, pela PGR, de dos dois relatórios protocolados no Supremo Tribunal Federal (STF). O primeiro, a “Íntegra da cota”, faz referência ao inquérito que investiga a atuação do grupo identificado como “PMDB da Câmara dos Deputados”. O grupo seria ligado ao ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que se encontra preso em Curitiba pela operação Lava Jato.

Manoel Júnior é citado nesta investigação, mas ela não consta na integra da denúncia de Janot contra Temer.


Wscom