domingo, 11 de junho de 2017

Anvisa interdita lote de medicamento para tratamento de pressão alta

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) interditou, na última quarta-feira (07), o lote 6562015 do medicamento Hidroclorotiazida, indicado para tratamento de pressão alta, fabricado pela empresa Laboratório Teuto Brasileiro S/A.

Segundo a Anvisa, o lote do medicamento foi interditado após laudos laboratoriais detectarem resultados laboratoriais insatisfatórios.

A medida interdição atinge os lotes do Hidroclorotiazida comprimido, 50mg, que possuem validade para 11/2018.
 
pbhoje.com.br