sexta-feira, 5 de maio de 2017

Secretário de Saúde de João Pessoa acusa Ricardo Coutinho de politizar a saúde pública


Secretário acusa Ricardo Coutinho de politizar a saúde pública

O secretário de Saúde de João Pessoa, Adalberto Fulgêncio, rebateu as críticas deferidas por parte do Estado e afirmou que o Hospital Arlinda Marques é de alta complexidade, mas possui um ambulatório com competência de baixa complexidade dentro do órgão e, por isso, o Governo do Estado não pode reclamar ou jogar a culpa no município pela superlotação.

Ele declarou que o governador Ricardo Coutinho (PSB) age como se não fosse farmacêutico e não conhecesse a realidade da saúde.


– A responsabilidade de ter um ambulatório de média e baixa complexidade dentro do hospital é minha? Quem botou um ambulatório lá dentro não fui eu. O governador quer negar a visão sistêmica do sistema. Esse jeito de ‘eu quero, mando e posso’ não cabe mais. – rebateu

Adalberto afirmou que a Prefeitura de João Pessoa faz a sua parte e não precisa culpar outra administração por qualquer problema visto na saúde do município.

Ele avaliou que Ricardo Coutinho quer politizar o discurso e destacou que é preciso ter limite e responsabilidade quando se trata da saúde da população.

– O governador fica politizando e dizendo que o problema de uma unidade gerenciada por ele está na rede municipal. Eu acho que isso está beirando a irresponsabilidade de você politizar a saúde pública. – criticou.


As informações foram concedidas à Rádio Arapuan FM.