quinta-feira, 18 de maio de 2017

Radialista paraíbano é amarrado e executado dentro de casa no Maranhão

O cajazeirense José Nogueira de Assis, 77 anos, residente na cidade de Santa Inês, no estado do Maranhão, foi encontrado morto nessa quarta-feira (17), dentro da sua residência, no Conjunto Residencial Sol Nascente.

De tradicional família cajazeirense, Nogueira como era conhecido na cidade, era tio do secretário Executivo de Comunicação da Prefeitura de Cajazeiras, o radialista Jota França.

A vítima foi encontrada amarrado na sua cama e a residência toda revirada. O veículo pertencente a vítima, um Prisma de cor prata, foi encontrado abandonado na zona rural de Santa Inês.


Ele foi assessor parlamentar e exerceu cargo público na prefeitura municipal no Estado do Maranhão, além de exercer as funções de secretário geral e tesoureiro do diretório do PSB.

Nogueira atuou como locutor da Rádio Difusora, foi um dos fundadores da Rádio Alto Piranhas e trabalhou também na antiga Distribuidora da Coca Cola, na Viação Brasília e nas Casas Pernambucanas.

Em Cajazeiras, Nogueira tem duas irmãs (Toinha e Nilda), vários sobrinho e cunhadas.


oblogdepianco.com.br
Portal CZN