terça-feira, 30 de maio de 2017

Pai e filha são presos na 3ª fase da Operação Gabarito


Pai e filha são presos na 3ª fase da Operação Gabarito

Mais duas pessoas, pai e filha, foram presas na manhã desta terça-feira (30) durante a terceira fase da Operação Gabarito, deflagrada pela Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) de João Pessoa e que investiga um grupo suspeito de fraudes em concursos públicos. Na ação desta terça-feira, ainda foram cumpridos 16 mandados de busca e apreensão em João Pessoa e Cabedelo. Desde o começo da operação, 30 pessoas foram indiciadas e 29 foram presas, suspeitas de envolvimento no esquema de fraudes em concursos e vestibulares.

Segundo o delegado Lucas Sá, titular da DDF, um aposentado de 72 anos e a filha dele, de 39 anos, foram presos em flagrante na casa de parentes de um dos investigados na operação, onde a polícia cumpria um mandado de busca e apreensão nesta terça.
  
“O homem estava com uma arma de fogo e munições e a filha dele se apresentou como advogada e tentou dificultar a ação policial. Descobrimos que ela não é advogada e que era apenas estudante de direito. O homem foi preso por posse irregular de arma de fogo e a filha dele por falsa identidade”, explicou.

Os mandados foram cumpridos nos bairros de Portal do Sol, Ponta de Seixas, Miramar, Valentina, Mangabeira e Centro de João Pessoa, além de um local em Cabedelo. Durante a operação, foram apreendidos documentos relacionados a concursos públicos, atestados médicos, laudos periciais em branco e documentos relacionados a licitações públicas do estado de Alagoas.


Leia mais no G1