quarta-feira, 3 de maio de 2017

COLUNA POLÍTICA COM PIMENTA - Por Eudo Nicolau



 

DIA DA SAFADEZA GERAL
O Brasil é um país muito engraçado sob o ponto de vista, de quem analisa as coisas com a frieza que elas requerem. Em outros continentes, aonde o povo luta para melhorar a sua condição de vida, a população briga para que o país produza mais, consequentemente, gerando mais empregos, e renda para todos. No nosso Brasil velho de guerra, as coisas são bem diferentes, bandido é mocinho, ovacionado por aqueles que tanto reclamam das condições de vida. Aonde sindicalista se torna “Rei”, e depois comanda greves, não para defender a classe trabalhadora, mas para defender a sí próprio, afinal, eles se dão ao “luxo” de paralisar uma nação, mesmo esta, estando na maior crise econômica da sua história, com consequências enormes na economia local, aonde cerca de 15 milhões de pessoas estão desempregadas, e os sindicatos se mobilizam para impedir o povo de trabalhar, dizendo eles, que é por uma causa justa. Só que essa justiça toda reivindicada por eles, é tão somente para manter a contribuição sindical, que sustenta milhares de vagabundos sindicais. Quem sai aos seus não degenera, puxam ao pai Lula, pai de todos os vagabundos!

LUTANDO POR JUSTIÇA
O Deputado Estadual João Henrique (DEM), fez na semana passada um pronunciamento contundente em defesa da manutenção das comarcas, que estão no plano de contingenciamento do Tribunal de Justiça da Paraíba, que pensa em fechar mais de 20 em todo estado. O deputado pediu aos seus pares, que o acompanhasse em uma reunião com o presidente do TJPB, para que juntos construíssem uma saída mais viável, e que não houvesse nenhum prejuízo ao povo paraibano. João Henrique pediu ao presidente do Tribunal, que revesse a sua decisão, e encontrasse uma saída, já que o Brasil, clama por justiça, e o fechamento dessas comarcas, seria uma grande injustiça com aqueles que mais precisam, e busca na justiça os seus direitos! Justiça para todos!

DEU A LOUCA NA OPOSIÇÃO
Piancó respira política 24 horas por dia, e produz coisas que somente vendo, pra crer. Uma oposição raivosa que se estabeleceu na cidade, quer a todo custo, que o prefeito Daniel Galdino resolva todos os problemas em 4 meses de gestão. Seria louvável a atitude, caso eles, não tivessem nenhuma participação na desastrosa administração passada, que foi responsável, por deixar um rombo milionário nos cofres do município. Em uma entrevista na terça feira, o prefeito Daniel Galdino mostrou ao povo, quanto o ex-prefeito Sales Lima e sua turma, foram irresponsáveis com o dinheiro público, chegando a ser multado, em mais de 7 milhões de Reais, apenas na saúde. Segundo o atual prefeito, a dívida do município deixado pelo gestor anterior, pode ultrapassar os 35 milhões de Reais. Tem vereador chorando por falta de leite!

FARTURA E DINHEIRO NO BOLSO
A política administrativa implementada pelo Prefeito de Salgadinho, Marcos Alves, de pagar todos os servidores dentro do mês trabalhado, fato ocorrido na última sexta-feira, quando os vencimentos do mês de abril foram depositados, tem deixado alguns políticos tradicionais, de práticas antigas, ultrapassadas, e sem êxito para a cidade, com uma preocupação, que beira até o desespero.  O professor assim como manda o figurino, tem dado aula em cima daqueles que nasceram, e viveram na política velha, que administravam como se fossem donos do poder, e tem entregue a população, aquilo que lhe pertence, ou seja, obras e ações, que melhoram a vida de todos. Na semana santa, Marcos e sua equipe, distribuíram centenas de cestas básicas com pessoas carentes, para que eles pudessem assegurar uma alimentação mais apropriada na semana da paixão, morte, e ressureição de nosso Senhor Jesus Cristo. Servidor valorizado, povo feliz!

PRINCESA ISABEL DE VOLTA AO TERRITÓRIO BRASILEIRO
A gestão do ex prefeito Dominguinhos em Princesa Isabel, foi sem sombra de dúvidas, o maior desastre administrativo da história daquela cidade. Além da dívida astronômica deixada pela gestão, outros fatos chamam a atenção, pelo descaso, despreparo e falta de respeito com o povo. A situação era tão feia, que até o Exército Brasileiro, após 45 anos prestando serviços, através da Junta de Serviço Militar, bateu em retirada da cidade, por falta de apoio da gestão passada.  O prefeito Ricardo pereira restabeleceu a parceria, e os jovens princesenses podem fazer o seu alistamento militar, regularizando sua situação perante o Estado Brasileiro.  Agora princesa pode declarar guerra até com a Coréia.


*Colaborador