domingo, 2 de abril de 2017

Repasse do governo para faculdade de Gilmar Mendes aumenta 1.766%


Repasse do governo para faculdade de Gilmar Mendes aumenta 1.766%

Os repasses do Fies (Fundo de Financiamento Estudantil) para o IDP (Instituto Brasiliense de Direito Público) aumentaram 1.766% entre 2014 e 2016. A instituição tem entre seus sócios Gilmar Mendes, ministro do STF (Supremo Tribunal Federal). Em 2014, ele chegou a criticar o governo da então presidenta Dilma Rousseff por ter aumentado os recursos do programa em ano eleitoral.


De acordo com o Portal da Transparência, do governo federal, os repasses do Fies – que prevê o financiamento para estudantes do ensino superior que não tenham condições de pagar a mensalidade em faculdades privadas – no IDP saíram de R$ 75 mil em 2014 para R$ 1,4 milhão em 2016, um acréscimo de 1.766%.

Para estabelecer uma comparação, o grupo Anhanguera Educacional, um dos maiores participantes do programa, passou por um aumento de 13% no mesmo período.


UOL