quinta-feira, 20 de abril de 2017

Governo abandona escola, deixa prédio na iminência de desabar e causa revolta


Governo abandona escola, deixa prédio na iminência de desabar e causa revolta

Quem conhece que a prioridade do Governo Ricardo Coutinho não é a educação, nem mais se surpreende com as queixas da população em relação ao abandono de escolas públicas na Paraíba. Como é o caso da Escola Estadual Antenor Navarro, em Guarabira. A unidade foi literalmente abandonada pelo Governo, desde 2015, e está na iminência de desabar, conforme alerta dos moradores.

Mas, o que é ruim, pode ainda piorar: quando a escola foi fechada pelo governador em 2015, os alunos, mesmo a contragosto, foram transferidos para a Escola Emiliano de Cristo (Polivalente), porém as informações que circulam no educandário indicam que também será desativado em breve. Alunos e pais de alunos, então, voltaram a cobrar do Governo o retorno para a Escola Antenor Navarro.

O assunto conseguiu unir, inclusive, os dois deputados da cidade, Raniery Paulino e Camila Toscano, que mesmo adversários, assumiram a defesa da escola. “É um prejuízo imenso para a cidade. O prédio está abandonado, na iminência de desabar e o Governo precisa dar uma resposta a Guarabira”, diz o deputado Raniery. “É incompreensível o que o Governo está fazendo com a educação”, reverbera a deputada.

História – O Grupo Escolar Antenor Navarro foi fundado em 09 de março de 1932, portanto há 83 anos, quando passou a contribuir para a formação educacional de grandes personalidades da Paraíba e, sobretudo, de Guarabira. Quando foi abandonado pelo Governo tinha centenas de alunos matriculados, e nem todos se transferiram para o Polivalente. Alguns desistiram dada a distância de suas residências.



Blog Helder Moura