segunda-feira, 27 de março de 2017

Sem proteção, casos de sífilis aumenta entre os jovens no Brasil



Sem proteção, casos de sífilis aumenta entre os jovens no BrasilA doença, que já esteve sob controle, volta a preocupar autoridades. Atualmente, a sífilis é a DST mais comum entre os adolescentes, seguida Aids, gonorreia e clamídia. Uma pesquisa do Ministério da Saúde revelou que o uso regular da camisinha, único meio de proteção contra doenças sexualmente transmissíveis, está em queda na faixa etária de 15 a 24 anos.

Em 2004, mais de 58% usavam o preservativo com parceiros eventuais. 11 anos depois, apesar de todas as campanhas, o percentual caiu para menos de 57%.
 
R7