quarta-feira, 15 de março de 2017

Professores do Estado iniciam greve contra "MP do Mal" que congelou salários

Os professores da rede estadual iniciam, nesta quarta-feira (dia 15), greve geral por tempo indeterminado, se acordo com decisão da categoria em assembleia realizada na semana passada. A paralisação tem como pontos de reivindicação o reajuste salarial de 2017, o congelamento do plano de cargos e carreiras, através da chamada MP do Mal. (nº 242/2016).

A mobilização irá se integrar também ao movimento nacional, determinado pelo 33º Congresso Nacional da CNTE (Confederação dos Trabalhadores em Educação) contra a reforma da Previdência em análise no Congresso Nacional e as perdas direitos trabalhistas. Estão programados atos públicos em João Pessoa, Campina Grande, Cajazeiras, Sousa e Patos.

Segundo o Sintep (Sindicato dos Trabalhadores em Educação), a greve deve deixar 350 mil alunos sem aulas, nas 735 escolas da rede estadual de ensino.


Blog helder Moura