sábado, 11 de março de 2017

Deputado Tovar defende que Frente das Águas lute por agilidade das obras no Eixo Norte da transposição

O deputado estadual Tovar Correia Lima (PSDB) defendeu, nesta quinta-feira (9), na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) que a Frente Parlamentar das Águas trabalhe unida pela agilidade das obras da transposição das águas do rio São Francisco no eixo Norte. Para o deputado, é importante que os deputados estaduais estejam unidos para que os paraibanos do alto Sertão tenham água ainda este ano.

Tovar disse nesta sexta-feira (10), que as águas do Rio São Francisco fazem renascer a esperança e a economia da Paraíba. O deputado participou da solenidade de abertura das comportas pelo presidente Michel Temer (PMDB), em Monteiro, para que as águas sigam em direção ao açude de Boqueirão e afirmou que toda a luta valeu a pena. "Me emociono ao ver que esse dia finalmente chegou. Temos enfim uma obra estruturante e não mais um paliativo para amenizar efeitos da seca", disse.

Com relação ao Eixo Norte, o deputado disse que “O problema maior de atraso desse trecho da obra se deu pelo envolvimento da empresa Mendes Júnior com os escândalos da Lava Jato. Isso fez com que a empresa deixasse a obra e agora o Ministério da Integração Nacional trabalha com a licitação de uma outra empresa. Mas sugiro que a Frente das Águas inicie um trabalho junto da bancada federal para que esse processo seja agilizado”, disse o deputado.



O Ministério da Integração Nacional revelou que continua empenhado em concluir o processo de licitação da construtora que executará as obras remanescentes do eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco.  Após análise técnica, a Comissão Permanente de Licitação da Pasta inabilitou a empresa Marquise S.A, segunda construtora a oferecer o lance com maior desconto (17,0100%) na abertura das propostas. Está mantida a previsão da Comissão de concluir a fase de licitação e assinar o contrato com a empresa vencedora ainda neste mês de março.
 
Entenda o processo – A substituição da Mendes Júnior foi iniciada em junho do último ano, depois que a construtora comunicou ao Governo Federal a incapacidade técnica e financeira em executar os seus dois contratos nas obras do Projeto São Francisco. As demais etapas (2N e 3N) do Eixo Norte estão em ritmo final de construção.

O Eixo Norte está previsto para ser concluído no segundo semestre deste ano, após término das obras para a passagem da água do São Francisco. A expectativa é atender o reservatório Jati, no Ceará, em agosto.
        
O Projeto de Integração do Rio São Francisco, composto pelos eixos Norte e Leste, vai beneficiar mais de 12 milhões de pessoas em Pernambuco, no Ceará, na Paraíba e no Rio Grande do Norte.
OBlogdePianco.com.br
Assessoria