sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Em Patos donas-de-casas podem perder moradias; Em Olho D’água prefeitura ameaça tomar terrenos doados às famílias carentes

Em Patos, duas donas de casa procuraram a reportagem da Rádio Espinharas nesta quinta-feira, dia 23, para fazer um apelo à Prefeitura de Patos no sentido de atualizar o aluguel social que elas estão tendo direito. 

O aluguel social das duas mulheres foi concedido ainda na gestão da prefeita Francisca Motta, devido as casas de taipa instaladas próximo ao Rodoshopping terem sido destruídas. A senhor Raimunda Maria da Conceição disse que já está devendo três meses de aluguel, e que o dono já está pedindo para que ela saia da mesma.

Edjane da Silva também está com o aluguel em atraso e cobra providência do atual prefeito Dinaldo Filho, que até o momento não atualizou os referidos pagamentos. Elas alegam que já foram na Secretaria de Desenvolvimento Social e também na sede da prefeitura, porém, ainda não foram devidamente atendidas na solução do problema. 

Burocracias a parte, dois meses de gestão já são suficientes para que a atual gestão comece a conhecer as dívidas e compromissos que a prefeitura deve cumprir. Enquanto isso os mais desvalidos seguem sem a devida atenção dos poderes públicos.

Olho Dágua - Cerca de 180 famílias da cidade de Olho D’água (PB) estão revoltadas com a possiblidade do prefeito Dr. Genoilton Carvalho (PMDB) tomar terrenos que foram doados para construção de casas em 2015. O prefeito não aceitou a doação dos terrenos que foi aprovado na gestão passada e aprovada pela Câmara Municipal dos Vereadores. O fato gerou um protesto nesta quinta-feira, dia 23, que interditou ruas da cidade.

O sonho da casa própria agora está ameaçado pela decisão do prefeito, pois desde o início do ano a intenção do prefeito Dr. Genoilton é impedir que as casas sejam construídas. O gestor apenas diz que a doação foi irregular, porém não se propõe a regulamentar e nem apresenta decisão judicial para justificar sua decisão, mas determina a desocupar os terrenos que já tem casas construídas e outras em construção.

A questão pode ser meramente política, pois o prefeito Dr. Genoilton foi eleito em oposição ao prefeito Dr. Chico prefeito que fez a doação dos terrenos. O fato é que a possibilidade de tomar os terrenos gerou protestos na cidade e podem acabar em agressões.

Uma comissão dos moradores foi formada, mas as informações recebidas pela redação são de que o prefeito se recusa a receber os cidadãos, mesmo com documentos em mãos desses moradores beneficiados.

Os moradores alertam que os protestos vão ter continuidade. Muitos não têm casas para morar e outros já pegaram economias para começar a construir as casas.


OBlogdePianco.com.br
Com informações/Fonte: Patosonline.com