domingo, 26 de fevereiro de 2017

Em Alhandra, gestão deixa de realizar carnaval para comprar equipamentos para Educação

O prefeito de Alhandra, Renato Mendes (DEM), anunciou que não haverá Carnaval na cidade devido as dificuldades encontradas ao assumir o mandato e, principalmente, porque os poucos recursos que seriam utilizados para realizar os festejos carnavalescos ou oferecer apoio a blocos, serão investidos na Educação.

“Se faz Carnaval quando se pode. Festa se faz quando há condições. Eu estou trocando o Carnaval por aparelhos de ar-condicionado que serão instalados nas grandes escolas do município. Equipamentos esses que deixei comprados para instalação, mas, que o ex-gestor não teve sequer a coragem de instalar. Porém, nossa gestão pensa na qualidade de vida e no conforto dos alunos na sala de aula”, afirmou o Renato.


O atual prefeito destacou ainda que sua gestão anterior foi a responsável por criar um dos grandes carnavais da região, com desfiles de blocos que se consagraram em Alhandra, a exemplo do Bloco do Menino que foi um dos que arrastou uma verdadeira multidão na cidade. Mas, o prefeito lamentou que no decorrer dos últimos quatro anos, o Carnaval local tenha “sumido”, uma vez que os blocos perderam o estímulo e desistiram de desfilar.

“Ninguém melhor do que eu sabe a importância de se manter as tradições, oferecer diversão e animar a juventude. Apenas eu não vou praticar um ato de irresponsabilidade. Da forma que peguei a Prefeitura, e volto a dizer, com existência de funcionários com nome sujo, débitos de R$ 150 mil com a Energisa e de 15 meses com a Cagepa, frota sucateada, escolas totalmente danificadas, saúde na UTI, eu não seria irresponsável ao ponto de fazer um grande Carnaval e deixar outras áreas esquecidas. Trago a responsabilidade para mim e, por isso, decidi não realizar o Carnaval. Peço a compreensão de todos nesses primeiros 100 dias, pois, em Abril, no aniversário da cidade, faremos uma grande festa através da qual comemoraremos grandes resultados junto com a população”, destacou o gestor.

Além de realizar o processo de licitação para adquirir aparelhos de ar-condicionado para as escolas, Renato Mendes informou que também trocou a realização do Carnaval para adquirir uma ambulância nova, uma vez que recebeu da antiga gestão uma “sucata” que estava no hospital. O gestor disse que também está comprando um caminhão de maior porte, com mais higiene e segurança para o transporte do matadouro à feira livre. E também informou que abriu licitação para aquisição de dois tratores equipados que servirão de suporte para os pequenos agricultores da zona rural de Alhandra.

Outra novidade anunciada pelo gestor foi a reabertura do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) que funcionava precariamente e agora terá condições para atender de modo digno aos usuários. O prefeito também confirmou que abrirá uma farmácia básica no Centro da cidade, cujo funcionamento será de domingo a domingo. A farmácia irá oferecer medicamentos as pessoas mais carentes do município. “Além de tudo isso, também estou trocando o Carnaval pelo peixe da Semana Santa para ofertar às famílias alhandrenses. Por isso, peço paciência, pois estamos trabalhando diuturnamente e em processo de licitação para que no aniversário da cidade tenhamos muito o que comemorar”, afirmou Renato.

A atitude do prefeito, foi comentada de forma positiva pela população e principalmente pelos estudantes. “Não se pode perder a esperança nas atitudes de políticos que ainda possuem senso de clareza ao que se deve realmente ser feito com o dinheiro público e que acabou a palhaçada de investir no carnaval de rua, no qual apenas gera violência, bagunça e desordem”, disse a moradora Ana Helena que parabenizou o prefeito.

paraibaja